Prêmio Casa de Las Américas 2015

Escritor Amálio Pinheiro recebe menção honrosa no prêmio Casa de las Américas 2015

681_01A obra Tempo Solto (Ateliê Editorial), de Amálio Pinheiro, recebe menção honrosa no prêmio Casa de las Américas 2015.  Outra obra brasileira que também levou um prêmio para casa foi Minha Vida Sem Banho, de Bernardo Ajzenberg, vencedora na categoria literatura brasileira.

Concedido anualmente desde 1960 em Havana (Cuba), o prêmio Casa de las Américas tem o objetivo de difundir e estimular a produção literária nos países latino-americanos. Neste ano as categorias presentes foram: romance, poesia, ensaio de tema histórico-social, literatura infanto-juvenil, literatura brasileira e literatura latino-americana nos Estados Unidos.

Com 173 obras a Argentina alcançou o topo de país com maior número de representantes inscritos no concurso, seguido por Cuba (142), Brasil (71), Colômbia (65), México (34) e Peru (33), segundo informações dadas pelos organizadores do evento.

Conheça mais sobre a obra Tempo Solto, de Amálio Pinheiro no site da Ateliê

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *