Camila de Ávila explica o que é lomografia

por Camila de Ávila | @caavila

Afinal, o que é a lomografia? Com certeza vocês já devem ter ouvido falar, mas são raros os que sabem o que é ou como funciona. “Lomo” é a sigla de Leningradskoye Optiko Mechanichesckoye Obyedinenie, que em português significa “União de Óptica Mecânica de Leningrado”. Sua origem é de São Petersburgo, Rússia.

A lomo, nada mais é, do que uma câmera analógica automática, que possui alta sensibilidade, sendo capaz de capturar cor e movimento sem o uso de flash e sem deformação. Sua característica nas fotos são as cores saturadas, borrões, luzes em movimento. Falando assim soa estranho, porém a prática da lomografia tornou-se movimento artístico.

São vários os modelos de Lomo, dependendo do efeito que é produzido, tendo como os mais conhecidos a LC-A, Diane, Holga, Fish-Eye, também como diversos acessórios que complementam cada uma delas. Podem ser do formato 135 ou 120. Em sua maioria, são equipadas com lentes de plástico, podendo assim reproduzir efeitos artísticos nas fotografias.

Para descrever um pouco mais sobre o que é a lomografia, encontrei um breve comentário em um site, onde não tem identificado o autor da mesma, que diz muito:

Aos lomógrafos, não interessa a tecnologia do equipamento, o tamanho da objetiva ou a capacidade da câmera de fotografar com precisão o real. O que importa aqui é o olhar. É a capacidade de transformar a realidade, de experimentar, de testar todas as técnicas, de inventar técnicas novas, de modificar a câmera sem medo. A lomografia é a descoberta do olhar. Fotografar com câmeras de baixa tecnologia significa negar a ilusão de que o homem pode dominar a natureza e apreender o real de forma objetiva e clara. A utilização de técnicas experimentais e de câmeras, em sua maioria, desprovidas de qualquer possibilidade de regulagem, significa a busca de um olhar mais aberto ao mistério.”

Para os lomógrafos, esta prática é um estilo de vida, que já faz parte de tudo. Com isso, convivem com um conjunto composto por dez regras básicas (as regras de ouro):

  1. Leve a sua Lomo onde você for.
  2. Fotografe a qualquer hora do dia ou da noite.
  3. A Lomografia não interfere na sua vida, ela é parte dela.
  4. Aproxime-se o mais possível do objeto a ser fotografado.
  5. Não pense.
  6. Seja rápido.
  7. Você não precisa saber antes o que fotografou…
  8. …Nem depois.
  9. Não fotografe com os olhos.
  10. Não se preocupe com as regras.

Para saber mais sobre este movimento, adquirir sua lomo, ver mais links ótimos sobre o assunto, além de vídeos, confiram o site da Sociedade Lomográfica Brasileira (http://www.lomography.com.br).

Conheça o blog da Camila: www.caavila.blogspot.com

.

  1 comment for “Camila de Ávila explica o que é lomografia

  1. 12/11/2010 at 09:49

    Muito legal!!! Adorei a matéria!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *