Artistas retratam o estilo de vida urbano com suas obras e intervenções

Por entre os inúmeros prédios, pedestres acelerados e trânsito carregado das grandes metrópoles, artistas urbanos exploram os espaços para intervirem na cidade. É o caso do fotógrafo Maurício Simonetti, que recentemente clicou alguns instantes urbanos expostos no Lugar Pantemporâneo, e de Alexandre Orion, que utiliza recursos para mesclar a fotografia com a pintura.

A exposição Fotografias Urbanas, de Maurício Simonetti, exibe fotos que retratam o ritmo veloz de pessoas anônimas da cidade. As pessoas não aparecem de forma nítida nas fotos, pois são ofuscadas pelas luzes, sombras, concreto e carros. Simonetti, que normalmente fotografa a natureza, “mistura-se, para melhor sentir e captar, ao concreto, aos automóveis e às multidões anônimas”, assim explica o poeta e editor Raimundo Gadelha.

Alexandre Orion vai além da fotografia. Em sua série Metabiótica, ele pintou muros e, depois de um tempo, fotografou um instante quando a imagem “interagiu” com uma pessoa que passou em frente ao mesmo muro. Já na série Ossário, Orion utilizou um recurso pelo qual limpa determinada parede, que está suja pela poluição produzida por carros, para formar desenhos de caveiras, como uma forma de crítica ao estilo de vida urbano.

Livros sobre fotografia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *