Obras de José de Alencar em promoção

No Dia da Literatura Brasileira celebra o aniversário do escritor José de Alencar, que nasceu no dia 1 de maio de 1829. Durante o mês, bibliotecas, escolas, editoras, órgãos públicos e outras instituições realizam eventos que discutam ou coloquem em foco a literatura nacional. A Ateliê Editorial publicou O GuaraniTil Iracema. (acesse aqui).

José Martiniano de Alencar  (1829-1877) nasceu no Ceará. Foi escritor e político brasileiro. É célebre escritor, sendo fundador do romance de temática nacional, por sua tenaz defesa da escravidão no Brasil e por ter sido Ministro da Justiça do Brasil. Formou-se em Direito, iniciando-se na atividade literária no Correio Mercantil e no Diário do Rio de Janeiro. Em 1846, iniciou seu curso de Direito em São Paulo. Fundou, na época, a revista Ensaios Literários, onde publicou o artigo questões de estilo. Em 1854 estreou como folhetinista no Correio Mercantil. Em 1856 publicou o primeiro romance, Cinco Minutos. É com O Guarani, em 1857 que alcançou notoriedade. Estes romances foram publicados todos em jornais e só depois em livros. Em 1860 ingressou na política, como deputado estadual no Ceará, sempre militando pelo Partido Conservador. Faleceu no Rio de Janeiro no mesmo ano, vitimado pela tuberculose. Produziu romances com temática indigenista, urbanos, regionalistas e históricos, além de peças para o teatro. Uma característica marcante de sua obra é o nacionalismo.

ATELIÊ EDITORIAL

A excelência na qualidade editorial é a marca de todas as publicações. Cada obra é feita com rigor e fidelidade textual, seja para um título inédito de um novo autor, seja para um clássico da literatura universal. Os clássicos, aliás, são o ponto alto do catálogo. Trazem edições primorosas, apresentações escritas por pesquisadores renomados, textos cotejados com os originais (sempre que possível), notas explicativas e traduções realizadas por alguns dos mais importantes nomes do mercado. Por isso, ajudam efetivamente os estudantes – desde o ensino fundamental – a entrarem em contato com os aspectos mais relevantes de cada obra e a compreenderem a importância de ainda serem estudadas, mesmo tantos anos depois de terem sido escritas.

Deixe uma resposta