De volta ao catálogo da Ateliê Editorial: ‘Os Tempos da Fotografia’, de Boris Kossoy

De volta ao catálogo da Ateliê Editorial, em sua quarta edição, a obra Os Tempos da Fotografia, do professor e fotógrafo Boris Kossoy. O livro complementa a trilogia teórica do autor pesquisador, iniciada respectivamente com Fotografia & História (1988/2014) e Realidades e Ficções na Trama Fotográfica (1999/2014), títulos esses desta mesma editora. O livro acompanha o texto introdutório Da Poética à Transcendência do Tempo, escrito por Cremilda Medina. Acesse aqui.

A desmontagem da informação é a meta a que Kossoy se propõe nos livros que compõem a sua trilogia. Retoma questões abordadas nos livros anteriores como a reconstituição do processo que deu origem ao documento fotográfico, com o objetivo de determinar a “ocorrência do fato e a gênese do documento”. O efêmero e o perpétuo estão na base de suas reflexões sobre imagem e memória. Um constante exercício de rebatimentos entre a representação e o fato, o aparente e o oculto, o documento e a memória. Reflexões instigantes que vêm, certamente, contribuir para o debate sobre a fotografia.

A obra é dividida em três partes: “Teoria e Metodologia: Conceitos, Proposições, Abordagens”; “Imprensa e História”; e “Imaginário e Memória”.

Boris Kossoy, professor titular da USP, é um dos mais importantes pesquisadores e ensaístas brasileiros dedicados à fotografia. Ele prioriza em suas reflexões os modos como se constroem ficções e realidades por meio do documento visual. Não por acaso, suas análises passam necessariamente pelas questões da história, da memória e do jornalismo. Além da trilogia formada pelos livros: Fotografia & HistóriaTempos da Fotografia e Realidades e Ficções na Trama Fotográfica, Kossoy publicou pela Ateliê A Imprensa Confiscada pelo Deops – 1924-1954, organizado em parceria com Maria Luiza Tucci Carneiro, e agora lança o seu mais novo título O Encanto de Narciso.

Deixe uma resposta