Antologia de contos ‘Corrupção (18 contos)’ completa 20 anos de publicação

Completando 20 anos de publicação, a antologia Corrupção (18 contos), organizada por Rodrigo Penteado, e coedição Transparência Brasil, traz textos de autores brasileiros clássicos e contemporâneos, cujo tema versa sobre a questão da corrupção. A obra está à venda no site da Ateliê Editorial.

A entidade – ligada a Transparency International (TI) – com o resultado do projeto, abordou o cenário da corrupção por meio da literatura, com narrativas que tem como enredo a desonestidade política, a sexualidade, os desvios de ordem existencial e os conflitos ligados à cobiça humana. “Trata-se de uma mostra da nossa literatura que pretende ser um breve panorama literário da vida brasileira”, apontou Penteado.

Autores que fazer parte da antologia são: Carlos Eduardo de Magalhães, Clóvis Bulcão, Cristovão Tezza, Domingos Pellegrini, Flávio Moreira da Costa, Luiz Ruffato, Luiz Vilela, Márcia Denser, Marcos Santarrita, Moacyr Scliar, Nelson de Oliveira, Ruy Tapioca, Zulmira Ribeiro Tavares, João do Rio, Lima Barreto (com dois contos) e Machado de Assis (com dois contos).

Publicada logo na virada do milênio, a obra contribuiu para a reflexão em torno da atemporalidade da corrupção no país. No texto de apresentação, Claudio Weber Abramo destacou: “O poder da literatura reside em propiciar a abordagem de seus temas de modo metafórico […] Nos contos reunidos nesta coletânea, a corrupção é quase sempre abordada sob a perspectiva das consequências pessoais que acarreta sobre os protagonistas. Ao reunir essas histórias, a Transparência Brasil espera contribuir para o aumento da consciência quanto à necessidade de combater a corrupção”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.