Daily Archives: 07/02/2022

Organizada por Marisa Midori Deaecto, Ateliê Editorial publicada a obra ‘Bibliodiversidade e Preço do Livro’

A Ateliê Editorial publica a obra Bibliodiversidade e Preço do Livro, organizada pela professora e pesquisadora Marisa Midori Deaecto, com a colaboração de Patricia Sorel e Livia Kalil. O livro já está à venda no site da Ateliê Editorial (Clique aqui).

Lei Lang, na França. Lei do Preço Único ou Lei do Preço Fixo, em diversas partes do mundo. No Brasil, Lei Cortez. E – por que não? – Lei da Bibliodiversidade. A proposta se dirige a quem compreenda o significado profundo de uma política de regulação do preço do livro, no momento em que o e-commerce se insinua com todas as suas artimanhas sobre os consumidores do planeta. Uma medida salvacionista? Sem dúvida! Uma lei que pressupõe a regulação do preço do livro se destina, certamente, a salvar hábitos tão antiquados quanto os de comprar livros em livrarias, ou de ler em códices impressos. Mas, acima de tudo, a medida deve ser recebida como um gesto de reverência à bibliodiversidade, o que pressupõe a luta pela sobrevivência dos diferentes suportes e tecnologias de leitura, tanto quanto dos profissionais e dos leitores que participam da cadeia do livro e da cultura escrita, de modo mais abrangente.

Fazem parte do livro Adalberto Ribeiro, Alexandre Martins Fontes, Ana Elisa Ribeiro, Bernardo Gurbanov, Gustavo Piqueira, Haroldo Ceravolo Sereza, Igor Venceslau, Jack Lang, Jean Paul Prates, Jean-Guy Boin, Jean-Yves Mollier, João Varella, Larissa Mundim, Lívia Kalil, Marcus Teles, Marília de Araujo Barcellos, Marisa Midori Deaecto, Nicolas Roche, Nuno Medeiros, Patricia Sorel, Paulo Verano, Ricardo Borges, Rui Campos e Vitor Tavares.

Finnegans Wake – Nova Edição na Ateliê Editorial

Ateliê Editorial publica, neste ano, a famosa edição de seu catálogo – agora em volume único e não bilíngue – de Finnegans Wake, último romance de James Joyce, lançado em 1939. A obra virá com a premiada tradução e notas explicativas do professor Donaldo Schüler e prefácio de Henrique P. Xavier.

Previsão de lançamento: junho.
Conheça a celebrada edição no site da Ateliê Editorial (www.atelie.com.br)

Livro que reúne textos de Mario Higa é lançado pela Ateliê Editorial

De Cesário Verde e Cortázar, passando por Lima Barreto e Geraldo Ferra, chegando em Caetano Veloso, estes são apenas alguns nomes importantes da literatura em que Mario Higa discorre em resenhas e ensaios compilados na obra Modos de Leitura – Crítica e Tradução, publicada pela Ateliê Editorial.

A obra trata-se de uma coletânea que acolhe textos do autor: ensaios, resenhas, entrevistas, posts e a tradução de uma obra literária espanhola do século XVIII. Além dos textos críticos aqui comentados, Modos de Leitura contém o poema dramático em prosa Noches Lúgubres, do escritor espanhol José Cadalso y Vásquez de Andrade (1741-1782), primeiramente publicado entre dezembro de 1789 e janeiro de 1790 no periódico Correo de Madrid. Ao lado do texto em espanhol lê-se a tradução literária em português, realizada com rigor por Mario Higa que, assim, dá acesso ao leitor lusófono a essa obra que foi célebre, contando 49 edições até o fim do século XIX, mas que caiu numa relativa obscuridade no século XX, apesar de sua importância.

No prefácio do livro, o pesquisador e professor José de Paula Ramos Jr. Destacou: “Mario Higa conclui o rico repertório que o leitor poderá percorrer com surpresa, algum espanto e, com certeza, com prazer”.

Mario Higa é professor assistente do departamento de Espanhol e Português do Middlebury College (Vermont, EUA). Para a Ateliê, organizou a edição de Poemas Reunidos, de Cesário Verde (Coleção Clássicos Ateliê) e publicou Matéria Lítica: Drummond, Cabral, Neruda e Paz (Coleção Estudos Literários). Para a Lazuli / Companhia Editora Nacional, organizou Antologia de Crônicas, de Lima Barreto, e Antologia de Contos Românticos.