Tag Archive for Fuvest

Unicamp – Lista de livros obrigatórios para o vestibular 2017

unicampA Unicamp divulgou a lista de leituras obrigatórias para quem vai prestar vestibular em 2017. São doze obras, todas em língua portuguesa, que contemplam teatro, contos, poesia e romance.  Entre as novidades, estão obras de Jorge de Lima, Camilo Casteli Branco e Érico Veríssimo. Confira:
Poesia:
Luís de Camões, Sonetos.
Jorge de Lima, Poemas Negros 

Contos:
Clarice Lispector, Amor, do livro Laços de Família.
Guimarães Rosa, A hora e a vez de Augusto Matraga, do livro Sagarana.
Monteiro Lobato, Negrinha, do livro Negrinha.

Teatro:
Osman Lins, Lisbela e o prisioneiro.

Romance:
Aluísio Azevedo, O cortiço.
Camilo Castelo Branco, Coração, cabeça e estômago.
Érico Veríssimo, Caminhos Cruzados.
José de Alencar, Til.
Machado de Assis, Memórias Póstumas de Brás Cubas.
Mia Couto, Terra Sonâmbula.

Para que os estudantes tenham acesso a edições comentadas, que ajudam a entender não só a obra, mas o contexto em que ela foi escrita, a Ateliê preparou um pacote promocional, com obras do vestibular da Unicamp.

E, se você também vai prestar a FUVEST, a Ateliê tem um pacote de livros da FUVEST também!

Lista de livros com leituras obrigatórias Fuvest 2017

fuvest

A Fuvest divulgou a lista de livros de leituras obrigatórias para quem vai prestar vestibular nos próximos três anos, tanto para a USP quanto para a Santa Casa. São nove obras, todas em língua portuguesa, de prosa e poesia, que acolhem desde autores já clássicos, como Machado de Assis, como contemporâneos, como Pepetela. Confira:

Iracema – José de Alencar;

Memórias póstumas de Brás Cubas – Machado de Assis;

O cortiço – Aluísio Azevedo;

A cidade e as serras – Eça de Queirós;

Capitães da Areia – Jorge Amado;

Vidas secas – Graciliano Ramos;

Claro enigma – Carlos Drummond de Andrade;

Sagarana – João Guimarães Rosa;

Mayombe – Pepetela.

Para facilitar a vida dos estudantes, a Ateliê preparou um pacote especial com livros da Fuvest.

E se você também vai prestar Unicamp, a Ateliê tem um pacote com os livros obrigatórios para esta prova também!

Fuvest e Unicamp já divulgaram listas de obras obrigatórias

Renata de Albuquerque

A Fuvest e a Unicamp já divulgaram a lista de obras para leitura obrigatória do vestibular 2017. Na lista, estão clássicos como Memórias Póstumas de Brás Cubas (Machado de Assis), O Cortiço (Aluísio Azevedo) e Iracema (José de Alencar).

fuvest2017

Pacote especial com 04 livros de leitura obrigatória da Fuvest 2017

A grande dificuldade, para quem vai prestar vestibular, é entrar em contato com essas obras clássicas, escritas há tanto tempo e tão distantes da realidade contemporânea. Por isso, na Coleção Clássicos Ateliê, além de textos fieis aos originais, cada título traz uma apresentação escrita por um especialista, que ajuda o leitor a entender a importância de cada livro.

Unicamp 2017

Pacote especial com 04 livros de leitura obrigatória da Unicamp 2017

Para melhorar, o pacote  Livros para Fuvest  e o pacote de  Livros para Unicamp está sendo vendido com desconto!

Veja a lista completa de livros da Fuvest 2017
Veja a lista completa de livros para Unicamp 2017

Livros para o Vestibular Unicamp e Fuvest 2012

Livros Vestibular Comvest e Fuvest 2012

por Alex Sens | @alexsens

A Comvest, Comissão Permanente para os Vestibulares da Unicamp, anunciou a lista de livros exigidos para o vestibular de 2012, que é a mesma da Fuvest. Ao todo são nove livros, os mesmos aplicados nas provas de 2010 e 2011 (lista: http://www.comvest.unicamp.br/vest2011/livros.html), e cinco deles estão na Coleção Clássicos Ateliê, da Ateliê Editorial: Dom Casmurro, A Cidade e as Serras, Iracema, Memórias de um Sargento de Milícias e Auto da Barca do Inferno. Seguindo o elegante visual e o cuidado gráfico desta coleção de clássicos, os livros contam com ricas apresentações e notas de importantes acadêmicos em literatura, assim como escritores e tradutores.

Obra mais emblemática de Machado de Assis, Dom Casmurro tem apresentação de Paulo Franchetti, professor titular de Teoria Literária da Unicamp e Diretor Presidente da editora da mesma universidade. Em seu prefácio, Franchetti deslinda várias interpretações históricas do romance, começando por suas primeiras resenhas, passando pelo período de consolidação de sua grandeza artística, até chegar aos últimos estudos acadêmicos, dando uma nova perspectiva ao juízo machadiano. As notas de Leila Guenther, ficcionista e estudiosa de Literatura, têm a função de clarificar o funcionamento do romance. Outros dois romances de Eça de Queirós e José de Alencar, A Cidade e as Serras e Iracema respectivamente, também trazem a organização de Paulo Franchetti, com introdução crítica e ensaística, além de notas e comentários de Guenther.