Tag Archive for Adoniran Barbosa

Revista Continente indica Adoniran Barbosa – O Poeta da Cidade

Fonte: Revista Continente #117

Livro Adoniran Barbosa - O Poeta da Cidade, Francisco RochaAdoniran Barbosa – O Poeta da Cidade

Francisco Rocha

Fruto de uma dissertação de mestrado apresentada no Programa de Pós-Graduação em História Social da USP, o livro revela a obra de Adoniran Barbosa contextualizada na rápida e constante urbanização da São Paulo da década de 1950. As suas canções, segundo Rocha, constroem uma “ideia de urbano”, representações que narram o cotidiano dessa metrópole. Os capítulos se dividem numa sequência comum aos trabalhos acadêmicos, mantendo referências bibliográficas e citações. É interessante observar o registro em jornais de sambas famosos do compositor, tais como Trem das onze (1951) e Samba do Arnesto (1953), sendo evocados para destacar as vantagens do progresso então em curso.

Assista ao vídeo

Adoniran e Noel são homenageados com debate no encerramento do Salão de Ideias da Bienal

Debate Adoniran Barbosa e Noel Rosa no Salão de Ideias da Bienal 2010

.

(por Alexandre Fernandez)

No encerramento do Salão de Ideias da Bienal Internacional do Livro de São Paulo, no dia 22 de agosto, Adoniran Barbosa e Noel Rosa foram homenageados com um debate por seus respectivos centenários de nascimento. A mesa reuniu Martinho da Vila, autor do samba enredo da Unidos de Vila Isabel para o carnaval de 2010, cujo tema foi Noel, e intérprete dos sambas do compositor na disco “Poeta da Cidade”, lançado há pouco; Francisco Rocha, historiador e autor de Adoniran Barbosa – O Poeta da Cidade, da Ateliê Editorial, e o jornalista Celso de Campos Jr, autor de “Adoniran – Uma Biografia” (Editora Globo).

Como mostram os títulos do CD de Martinho e do livro de Francisco Rocha, Noel e Adoniran foram “poetas de suas respectivas cidades”. E o fizeram de modo muito pessoal, em momentos cruciais: Noel nos anos 1930, quando o samba se popularizava para valer, e Adoniran nos anos 1940-1950, quando São Paulo assumia as feições de uma grande metrópole.

O debate lotou o Auditório Clarice Lispector, com capacidade para 200 pessoas, e teve uma ativa participação do público, que fez muitas perguntas aos três debatedores. A autenticidade dos dois compositores, suas características principais e seus legados para a cultura brasileria foram os temas mais abordados.
.
Assista parte do debate abaixo

Debate sobre Adoniran Barbosa e Noel Rosa tem presença de Francisco da Rocha e Martinho da Vila na Bienal

Noel Rosa e Adoniran Barbosa na Bienal do LivroAutor de Adoniran Barbosa – O Poeta da Cidade, publicado pela Ateliê Editorial, o historiador Francisco Rocha participa de um debate no Salão de Ideias da Bienal Internacional do Livro de São Paulo, sobre os sambistas que melhor cantaram São Paulo e o Rio de Janeiro: Adoniran Barbosa e Noel Rosa, cujos centenários de nascimento se comemoram neste ano. Rocha dividirá a mesa com o cantor e compositor Martinho da Vila, que falará sobre Noel Rosa, e com o jornalista Celso de Campos Jr., biógrafo de Adoniran. O público presente poderá fazer perguntas aos debatedores.
.
O debate será realizado no dia 22 de agosto, domingo, às 17 horas. A Bienal Internacional do Livro de São Paulo acontece de 12 a 22 de agosto no Pavilhão de Exposições do Anhembi.
.

Historiador discute relações entre Adoniran e sua grande musa, São Paulo

.

O centenário de Adoniran Barbosa – que se comemora em 6 de agosto – é uma excelente ocasião para conhecer Adoniran Barbosa – O Poeta da Cidade, estudo inovador do historiador Francisco Rocha sobre as relações entre o compositor e radialista e sua grande musa, a capital paulista.

Nas palavras do crítico Antonio Candido, Adoniran “inventou um certo jeito de ser paulistano”. Afirmou-se como intérprete, expressão e extensão de uma metrópole no momento em que ela passava por radicais transformações que acentuaram a desigualdade social. Com uma visada crítica, Adoniran modelou a sua visão de São Paulo com uma poética da denúncia e da rebeldia, cheia de cômica ironia e peculiar dicção.

Adoniran Barbosa será homenageado na Virada Cultural 2010

João Rubinato, o Adoniran Barbosa, faria100 anos em 6 de agosto. Apesar de faltar meses para o centenário de Adoniran, a banda Velhas Virgens aproveitará a Virada Cultural neste final de semana, para fazer um tributo a ele. A Virada tem tudo a ver com este ícone paulistano – cultura, povo e a própria cidade de São Paulo.

O show vai acontecer dia 16, às 03h30 da madrugada do sábado para o domingo, no palco do rock da Virada Cultural, localizado na Av. São João, perto da Rua General Osório.

Programação da Virada Cultural

Livro do centenário de Adoniran

Conheça mais sobre a banda Velhas Virgens