Daily Archives: 31/01/2018

“Epigramas”: seleta de poemas satíricos e pornográficos da Roma Antiga

Escrever em poucos caracteres para passar uma mensagem assertiva é algo popular desde a criação do Twitter, há pouco mais de dez anos. Mas, esse recurso já era usado na Roma Antiga, há quase dois mil anos, por poetas como Marco Valério Marcial, para fazer poemas cômicos, pornográficos e de crítica social. Marcial, considerado o pai do epigrama (forma poética breve, marcada pelo estilo satírico e engenhoso), é autor dos “Epigramas”, edição bilíngue traduzida por Rodrigo Garcia Lopes e recém-lançado pela Ateliê. Confira a seguir alguns desses pequenos mas cortantes poemas:

 

I

Você já leu, pediu, aqui está ele:

Marcial, famoso em todo o mundo

por seus argutos livrinhos de epigramas:

Leitor fã, você lhe deu em vida

a glória que a uns poetas é concedida

apenas quando viram cinzas.

Hic est quem legis ille, quem requiris,

toto notus in orbe Martialis

argutis epigrammaton libellis:

cui, lector studiose, quod dedisti

viventi decus atque sentienti,

rari post cineres habent poetae.

 

L

Você é um velho, é o que Taís repete. Ninguém é velho pra receber boquete.

 

Quid me, Thai, senem subinde dicis?

nemo est, Thai, senex ad irrumandum.

 

 

XXIII

Para jantar, Cota, você só chama

seus companheiros de banho.

Surpreso em nunca ser convidado?

Não, você já me viu pelado.

Invitas nullum nisi cum quo, Cotta, lavaris

et dant convivam balnea sola tibi.

mirabar quare nunquam me, Cotta, vocasses:

iam scio me nudum displicuisse tibi.

 

XXIX

O povo anda dizendo que você, Fidentino,

recita meus livrinhos como se fossem seus.

Se for falar que são meus, te envio grátis.

Se seus, compre, pra que meus não sejam mais.

Fama refert nostros te, Fidentine, libellos

non aliter populo quam recitare tuos.

si mea vis dici, gratis tibi carmina mittam:

si dici tua vis, hoc eme, ne mea sint.

 

CX

Você diz, Veloz, que meus poemas são longos.

Você não escreve nada: isto é concisão.

 

Scribere me quereris, Velox, epigrammata longa.

ipse nihil scribis: tu breviora facis.

 

 

LXIX

Vacerra, você só sabe elogiar

poetas mortos ou antigos.

Fico devendo essa, Vacerra:

não vou morrer pra te agradar.

Miraris veteres, Vacerra, solos,

nec laudas nisi mortuos poetas.

ignoscas petimus, Vacerra: tanti

non est, ut placeam tibi, perire.

 

LXXX

Pobre, faminto, Gélio casou com uma velha rica.

Se ele tem comida, agora ela também: sua pica.

Duxerat esuriens locupletem pauper anumque:

uxorem pascit Gellius et futuit.

 

VII

Se a Ligeia tiver tantos anos

quanto tem cabelos, ela tem três.

Toto vertice quot gerit capillos

annos si tot habet Ligeia, trima est.