Daily Archives: 10/01/2018

Ateliê e Kotter: você conhece esta parceria?

São Paulo e Curitiba. A primeira é considerada a maior cidade do Brasil; a segunda abriga alguns dos consumidores mais exigentes do país. Ambas estão ligadas por uma parceria literária que já rendeu bons frutos. São Paulo é a sede da Ateliê Editorial, que reflete no nome o cuidado e o capricho com que realiza suas edições: livros sobre livros, clássicos em edições anotadas e explicativas e livros acadêmicos. Em Curitiba fica a Kotter Editorial, cuja filosofia é publicar trabalhos de qualidade, de autores inéditos ou não, com foco em humanidades, artes, literatura e filosofia.

Capa do livro de Marcelo Sandmann

Ateliê e Kotter são coeditoras em diversos títulos, como os da Coleção Gralhas Raras e da Coleção Antológicos, da qual faz parte o recente lançamento Antologia Poética – 1987-2017, de Marcelo Sandmann. Ele é Professor no curso de Letras da UFPR, compositor e poeta. Na obra, é possível perceber o diálogo permanente com os autores que admira (Camões, Drummond, Cabral, José Paulo Paes e Leminski estão entre suas afinidades eletivas). Sandmann trabalha com o máximo de recursos e o mínimo de material necessário. Os efeitos poéticos devem ser obtidos sem desperdício verbal ou emocional, num sistema estético de economia, que beira a entropia. A poesia nasce e se mantém nas linhas de tensão que existem entre o texto e o leitor, a palavra e seu avesso, o prosaico e o inominável, o cânone literário e a vida mais chã.

 

L’azur Blasé ou Ensaio do Fracasso sobre o Humor, de Guilherme Gontijo Flores, foi finalista do Prêmio APCA 2016, na categoria poesia. Nesta coletânea de poemas, tudo está exposto ao seu fracasso autoirônico, até mesmo o poeta e a obra, a começar pela piada batida que cria o enquadramento do autor morto que tem seu livro lançado por editores amigos. Nesse caso, a pergunta central do livro poderia ser: O que fazer quando o humor fracassa? Resta um riso pelo malogro da piada?

Outro exemplo da parceria de sucesso entre Kotter e Ateliê Editorial é o volume A Comédia e Seus Duplos: O Anfitrião de Plauto, organizado por Rodrigo Tadeu Gonçalves.  A obra apresenta um conjunto de ensaios sobre a recepção e as adaptações da comédia “O Anfitrião” pelos séculos, nos distintos países e culturas. A peça de Plauto (comédia ou tragédia?) discute questões fundamentais como os duplos, o engano, o abuso da autoridade da parte dos deuses, a comédia profundamente humana do marido traído.

Poesia, teatro ou filosofia? A parceria entre Ateliê e Kotter não deixa dúvidas de que a edição de livros de qualidade tem espaço no mercado.