Augusto de Campos vence o Grande Prêmio de Poesia Janus Pannonius

O PEN Clube Húngaro, que reúne poetas, novelistas e ensaístas anunciou que Augusto de Campos – autor de Viva Vaia – foi eleito por um júri internacional como o vencedor do Grande Prêmio de Poesia Janus Pannonius de 2017.

Capa da antologia

O prêmio – que existe desde 2012 e é chamado pelo New York Times de “Nobel da Poesia”, já que o Nobel de literatura é mais amplo, e concedido a escritores de prosa também – já foi concedido a poetas aclamados, como Simin Behbahani, Yves Bonnefoy, Charles Bernstein e Adam Zagajewski. A premiação inclui publicações, leituras e um prêmio em dinheiro.

A cerimônia de premiação aconteceu em Pécs, cidade húngara onde Janus Pannonius (1434-1472), um dos mais reverenciados poetas do Renascimento Europeu, foi bispo. Houve também lançamento de livro de Augusto de Campos, em húngaro, publicado especialmente para a ocasião, além de leituras e performances de Augusto de Campos e Cid Campos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *