Ateliê Editorial lança a revista Livro nº6

Nova edição da Revista do Núcleo de Estudos do Livro e da Edição tem contribuições de pensadores internacionais sobre o impresso   

 

Ilustrada por gravuras da artista plástica ítalo-brasileira Maria Bonomi ao longo de suas páginas, a nova edição da revista Livro, uma publicação anual do Núcleo de Estudos do Livro e da Edição da Universidade de São Paulo (NELE/USP), oferece uma “experiência sensorial vibrante”, nas palavras de seus editores, Marisa Midori Deaecto e Plinio Martins Filho.

Em seu sexto número, a obra traz texto inédito de Donaldo Schüler, mestre-tradutor de Homero e James Joyce; e artigo de Yann Sodert, ex-diretor da Biblioteca Mazarine (França), que apresenta uma abordagem histórica sobre catalografia e suas curiosidades ao longo dos tempos.

Livro no 6 reflete, entre outros pontos, a respeito da leitura do jornal, e traz a reconstrução de um importante capítulo da história editorial brasileira: a trajetória de Jorge Zahar e a revolucionária coleção Biblioteca de Ciências Sociais. Esta edição levanta, ainda, questões relacionadas à crise cultural do impresso, ao analisar a função das bibliotecas atualmente.
Resultado do esforço coletivo de professores, pesquisadores e profissionais dedicados ao estudo da palavra, a publicação tem como finalidade conduzir o leitor a uma reflexão sobre a difusão de pesquisas que têm a palavra impressa como seu objeto principal. Desde seu número de estreia, Livro busca cobrir os ciclos de vida do impresso no Brasil e no mundo. A cada número da revista é escolhido um artista gráfico para ilustrá-la.
Nesta edição, buscando enriquecer o repertório do prazer da leitura e de suas múltiplas formas de contaminação, quer pela política, quer pelo efeito sublimador da literatura, a seção ARQUIVO reúne material precioso e inédito da produção jornalística de Pagu, publicada sob o pseudônimo de Mara Lobo.

 

Os conteúdos propostos pelos editores proporcionam uma grande e deliciosa viagem. A seção DOSSIÊ aborda Edição e Política, enquanto ALMANAQUE reúne aforismos como “A cobiça dos livros é sabedoria”. ACERVO se volta para duas coleções brasileiras da maior importância: a temática de “Servinas”, explorada de um ponto de vista historiográfico e documental e a coleção de Félix Pacheco, cuja fortuna conforma o não menos rico acervo da Biblioteca Mario de Andrade.

 

Já MEMÓRIA rende homenagem a Charles Grivel, professor emérito da Universidade de Manheim, investigador de primeira linha do texto-imagem, das vanguardas artísticas, da fotografia, do romance popular, da narratologia e da literatura de vampiros.

 

Esta edição traz uma série de novidades e conta com artigos de colaboradores como o belga Jacques Hellemans, além de Jean Pierre Chauvin, José de Paula Ramos Jr., Maria Viana, Alexandre Augusto dos Santos Alves, Laura Fernández Cordero, Danilo A.Q. Morales, Lincoln Secco, Flamarion Maués, Nuno Medeiros, Fabiano Cataldo de Azevedo, Kenneth David Jackson, Pablo Antonio Iglesias Magalhães, Rizio Bruno Sant´Ana, Claudio Giordano, Simone Homem de Mello, Emerson Tin, Marcello Rollemberg, Eduardo de Souza Cunha, Vinicius Juberte, Márcia Lígia Guidin, Marisa Midori Deaecto, Antonio Castillo Gomes, Jaa Torrano, Marcelo Tápia, Paulo Martins, Roberto Oliveira, Zepa Ferrer e Geraldo Holanda Cavalcanti.

 

Os interessados em adquirir a Livro nº6 podem fazê-lo pelo site da editora e ou em grandes livrarias.

 

Serviço:

ISSN:2179-801x

Tamanho: 18 × 27 cm

Número de páginas:424

Preço: R$ 80,00

 

Sobre a Ateliê Editorial

 

Site:www.atelie.com.br

Blog:blog.atelie.com.br

Twitter:@atelieeditorial

Facebook: https://pt-br.facebook.com/atelieeditorial

 

Fundada em 1995, a Ateliê Editorial atua principalmente nos segmentos de literatura – ensaios, crítica literária e outras matérias de natureza acadêmica; comunicação e artes; arquitetura; e estudos sobre o livro e seu universo.  O objetivo desta casa é levar ao público leitor livros de alta qualidade editorial, em edições cuidadosas que primam pela atenção ao conteúdo, à forma e à expressão. Isso transparece tanto nas capas quanto no rigor e fidelidade textual.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *