Ateliê ganha mais um Jabuti

O livro Esplendor do Barroco Luso-brasileiro, de Benedito Lima de Toledo, publicado pela Ateliê Editorial, venceu, em primeiro lugar, na categoria Arquitetura e Urbanismo, o 55º Prêmio Jabuti.

A cerimônia de entrega dos prêmios aos vencedores será no próximo dia 13 de novembro, às 19h30, na Sala São Paulo (Praça Júlio Prestes, 16, São Paulo, SP), ocasião em que serão anunciados os Livros do Ano de Ficção e Não Ficção. Este é o 16º Jabuti conquistado pela Ateliê Editorial. Ao final deste post segue lista com os outros livros da editora contemplados com o mais tradicional prêmio literário brasileiro.

Esplendor do Barroco Luso-brasileiro

Benedito Lima de Toledo

Esplendor do Barroco Luso-brasileiroResultado de extensa pesquisa do autor, Esplendor do Barroco Luso-brasileiro oferece ao leitor a oportunidade de ingressar e usufruir da riqueza do universo do Barroco com suas emoções e sua capacidade de surpreender e despertar inquietações. O Barroco é diverso e se mostra como uma imagem coerente, um sistema em que tudo se mistura e se reintegra numa unidade original. Como explicar essa unidade evidente e esse ser profundo do Barroco? A explicação só pode ser feita pelas várias tentativas, pelos múltiplos esforços do homem, tanto ontem como hoje, numa série interminável de acasos, de acidentes e de êxitos repetidos.

O objetivo deste livro é mostrar que essas experiências e esses êxitos só podem ser compreendidos se forem tomados no seu conjunto; mais ainda, que eles devem ser comparados entre si, que a luz do presente ajuda a esclarecê-los, que é a partir do que atualmente se vê que se avalia e se compreende o passado – e vice-versa. O Barroco é um excelente pretexto para se apresentar um “outro” modo de abordar a história. Porque o Barroco, tal como podemos vê-lo e amá-lo, é, sobre o seu passado mais extraordinário, o mais claro de todos os testemunhos.

Benedito Lima de Toledo é arquiteto, formado pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo, professor titular do Departamento de História da Arquitetura e Estética do Projeto da FAU-USP. Autor de vários projetos de restauração e reconversão de bens culturais, como Instituto Caetano de Campos (SP), Colégio Alemão na Praça Roosevelt (SP), edifícios em São Luís (MA), Vila Itororó (SP), entre outros, e autor de vários livros, como Álbum Iconográfico da Avenida Paulista, Anhangabahú, Prestes Maia e as Origens do Urbanismo Moderno em São Paulo, Frei Galvão: Arquiteto (Ateliê Editorial), entre outros.

Os Jabutis da Ateliê

O Mistério do Leão Rampante, de Rodrigo Lacerda – (Romance, Jabuti, 1996)

Enlouquecer o Subjétil, de Jacques Derridá e Lena Bergstein – (Produção Editorial, Jabuti, 1998)

Corola, de Claudia Roquette-Pinto – (Poesia, Jabuti, 2002)

Demanda do Santo Graal: Das Origens ao Códice Português, de Heitor Megale – (Crítica Literária, Jabuti, 2002)

Orlando Furioso, de Ludovico Ariosto / Pedro Garcez Ghirardi – (Tradução, Jabuti, 2003)

Daquela Estrela a Outra, de Giuseppe Ungaretti / Haroldo de Campos, Aurora F. Bernardini e Lúcia Wataghin – (Tradução, Jabuti, 2004)

Finnegans Wake, de James Joyce / Donaldo Schüler – (Tradução, Jabuti, 2004)

A Imprensa Confiscada pelo Deops, de Maria Luiza Tucci Carneiro, Boris Kossoy – (Ciências Humanas, Jabuti, 2004)

Guimarães Rosa: Fronteiras, Margens, Paisagens, de Marli Fantini Scarpelli – (Crítica Literária, Jabuti, 2005)

Mistérios do Dicionário, de João Alexandre Barbosa – (Crítica Literária, Jabuti, 2005)

A Balada do Velho Marinheiro, de Samuel Taylor Coleridge / Alípio Correia de Franco Neto – (Tradução, Jabuti, 2006)

O Terceiro Livro do Bom Pantagruel, de François Rabelais / Élide Valarini Oliver – (Tradução, Jabuti, 2007)

Cantigas do Falso Alfonso El Sábio, de Affonso Ávila – (Poesia, Jabuti, 2007)

A Voz e o Tempo, de Roberto Gambini – (Psicologia e Psicanálise, Jabuti, 2009)

Euclides da Cunha: Uma Odisseia nos Trópicos, de Frederic Amory (Biografia, Jabuti, 2010)

Esplendor do Barroco Luso-brasileiro, de Benedito Lima de Toledo – (Arquitetura e Urbanismo, Jabuti, 2013)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *